quarta-feira, 15 de abril de 2009

“GARIMPEIRO DO AMOR”.



Olá Boa noite passei aqui pra postar um

poema lindo que recebi de um amigo

Mulher...Deixa!

Eu garimpar teu corpo...

Deixa!Com a sutileza de uma gueixa,

A curiosidade de uma criança.

Com meus lábios...

Onde minha mão alcança,

Gestos rotineiros de um apaixonado.

Tirar o desgosto do meu rosto,

Arrependimento por contentamento,

Serás meu terreno afortunado!

Abre-te como uma terra molhada e rica

Desejando ser garimpada.

Eu, somente um garimpeiro à sua mercê,

Para teus desejos satisfazer!

Quero-te para minha felicidade,

Mil suspiros soltos...

Pura curiosidade,

De dentro de ti encontrar minha jóia rara,

Enlouqueço a imaginar,

Deixa mulher eu te garimpar!

Como um débil quero te desbravar,

Tornar-me-ei rico...

Serei um reiAbandona-te por inteiro,

Meu diamante...

Sou seu amanteDescobri em ti mulher

Meu tesouro verdadeiro!

*Fred Costa - Dir. Res. ao Autor
beijos até mas Clarinha

Nenhum comentário: